Voltar Atrás

Reflexão da CP-1(a) - Cidadania e Profissionalidade

 


Informações Técnicas

 

Formando: Paulo Caldeira da Silva

Formadora: Ana Rita Raposo

Data: 24/Fevereiro/2012

Área de Formação: Liberdade e Responsabilidade Democráticas

Denominação/Código: CP-1

Curso: EFA-NS - Técnicos de Instalação de Sistemas Solares Térmicos (03) - Sertã

 

O que Aprendi

 

DR 1

- O que se Entende por Constituição.

• (Sentidos Formal e Material).

- Tomada de Consciência dos Direitos e Deveres.

- Direitos e Deveres Pessoais, Laborais e Sociais em Confronto.

- Papel da Sociedade Civil na Democracia e suas Instituições.

- Entre outros temas e subtemas que foram abordados neste DR 1 (Domínio de Referência).

 

DR 4

- Cidadania Europeia.

- Contextualização da União Europeia.

- Tratados de Maastricht e de Lisboa.

- Acordo de Schengen.

• (Livre Circulação de Pessoas e Bens).

- Direitos e Deveres Europeus.

- Direitos Humanos e sua Aplicabilidade Prática.

- Vantagens e Inconvenientes da Globalização.

- Contributo e Intervenção da ONU.

- Entre outros temas e subtemas que também foram abordados neste DR 4.

 

Como Aprendi

 

- Exposição oral da Formadora.

- Projecção de Documentos.

- Projecção de um pequeno documentário sobre os Direitos Humanos.

- Pesquisas na internet.

- Propostas de trabalho.

- Debates entre os colegas de curso, sobre os temas abordados nestes DR 1 e DR 4.

 

Dificuldades Sentidas

 

Não senti muitas dificuldades nestes Domínios de Referência (DR1) e (DR4), dados pela formadora Ana Rita Raposo, visto abordar temas que eu já conhecia um pouco.

 

Reflexão

 


Na área disciplinar Cidadania e Profissionalidade da Unidade de Competências Liberdade e Responsabilidade Democráticas, abordei vários temas e subtemas, mas apenas vou referir nesta reflexão, aqueles que pessoalmente acho serem mais importantes para a vida de uma pessoa.

 

Começámos por abordar o conceito de Liberdade Pessoal em Democracia e vimos que a Democracia teve origem na antiga Grécia, no Século 4º A.C. e que é um sistema baseado em eleições livres e periódicas, no pluripartidarismo, no pluralismo de opinião, no respeito pela lei, no direito à opinião da oposição.

 

Quanto à Democracia directa, deriva do grego (Demo-Kratos), que quer dizer (Poder do Povo), mas apenas votavam os cidadãos gregos, excepto os escravos, crianças, mulheres e estrangeiros e existiam as cidades estado (Polis), ou comunidades auto-suficientes na sua governação.

 

A Democracia Representativa, é um sistema político em que o exercício do poder é atribuído a representantes populares, eleitos pelo povo.

 

Vimos que um cidadão, é ser uma pessoa com direitos e deveres, que assume a sua liberdade e responsabilidade numa comunidade democrática, justa, solidária, equitativa ou de igualdade e intercultural.

 

A cidadania, é uma atitude, um modo de ser que se deve cultivar através do exercício de direitos e deveres de cada um, no respeito pelos princípios da convivência social, consiste também na participação de todos, num esforço comum de respeito pelos outros, tolerância em relação a diferenças, de modo a resolverem-se os problemas sem recurso à violência e implica atitude, predisposição, participação e compromisso.

 

Os ideais democráticos, são o respeito, a tolerância, a liberdade, a responsabilidade, a consciência cívica e moral, a cidadania, em suma, o aceitar as formas de estar e opiniões dos outros, mesmo que não concordemos total ou parcialmente com eles.

 

A legitimidade ou fundamento de um estado democrático, funda-se na soberania do povo, na pluralidade de expressão e organização política, garantindo os direitos e os deveres, as liberdades fundamentais dos indivíduos que constituem a sociedade e através disto, o estado deverá garantir a igualdade na realização de um conjunto de factores que instituam uma sociedade democrática, tais como, uma sociedade económica, social e cultural com uma participação activa dos cidadãos no exercício da sua cidadania.

 

Vimos que a soberania popular, a igualdade política e a consulta popular, constituem requisitos indissociáveis à democracia e que as premissas básicas da liberdade, é que todos os seres humanos nasceram iguais e dotados de direitos individuais, que deverão ser respeitados por todos nós.

 

Como vivemos em sociedade e para que exista um entendimento entre todos os cidadãos, é necessário que todos assumam as suas responsabilidades perante a comunidade em que vivem e de qual fazem parte integrante e só podemos exigir os nossos direitos, quando somos cumpridores dos nossos deveres.

 

Abordámos ainda a comunidade global, a união europeia e os tratados, os direitos e deveres do cidadão europeu o papel da ONU, os direitos humanos e a globalização e entre outros temas, vimos que no tratado de Lisboa, foi decidido, (espero que resulte), haver mais eficácia, mais democracia, mais transparência, melhor política externa, mais segurança e novas políticas para o cidadão europeu.

 

Quanto aos objectivos da UE, vimos que é a afirmação da identidade europeia na cena internacional, a instituição da cidadania europeia que confere direitos civis e políticos aos cidadão europeus, promover o progresso económico e social, o fomento de um espaço de liberdade, etc.

 

No acordo de Schengen, no tratado de Maastricht, foram conquistados, a abolição dos controlos fronteiriços entre os membros e outros países europeus, que também assinaram o acordo, a livre circulação de pessoas, mercadorias, capitais, bens, etc. e a abertura das fronteiras.

 

Abordámos também os objectivos da ONU na cena internacional e vimos que esses objectivos são, manter a paz e a segurança internacionais, desenvolver as relações amistosas entre as nações, realizar a cooperação internacional para resolver os problemas mundiais de carácter económico, social, humanitário cultural, etc., promover os Direitos Humanos e harmonizar a acção dos povos, contribuindo para a consecução de objectivos comuns, como o progresso social, a melhoria de condições de vida para todos.

 

Ainda abordámos a globalização, as vantagens e desvantagens da mesma e vimos que existem instituições que trabalham para a minimização dos inconvenientes da globalização e durante estes dois Domínios de Referência, executei várias propostas de trabalho que vou anexar a esta reflexão, fiz pesquisas na internet sobre esta temática e tirei bastantes apontamentos que me ajudaram muito na aprendizagem desta matéria.

 

Gostei bastante deste módulo e, acho que o conhecimento mais aprofundado destas matérias, são muito importantes para todos nós e sobretudo para o meu futuro enquanto Técnico Instalador de Painéis Solares Térmicos.

 

Com os conhecimentos que entretanto adquiri, acho que terei uma melhor capacidade para um futuro próprio, profissional e/ou empresarial.

 

A formadora Ana Rita Raposo, com apenas 25 horas destinadas a esta UC (Unidade de Competências), com a vasta matéria a dar sobre estes temas, com os documentos fornecidos, os trabalhos práticos, etc., ainda assim, tentou sempre manter a nossa atenção, deixando inclusivamente tempo disponível para o debate entre os formandos, sobre as temáticas abordadas.

 

Em conclusão, considero no entanto que é muita matéria a dar para tão pouco tempo disponível, mas, acho que entendi bem e, os apontamentos tirados durante as sessões, também me ajudaram na compreensão dos temas.

 

A formadora Ana Rita Raposo, considero que alcançou os objectivos pretendidos sobre esta matéria, mesmo com um horário muito reduzido e, se é que posso/devo dar a minha avaliação à formadora, então, está de parabéns.

 

Para melhorar esta UC, acho que deveria ser aumentada substancialmente a carga horária da mesma, visto ser uma matéria muito importante na vida de uma pessoa e/ou trabalhador/empregador.

 


Clique no Banner (Imagem) seguinte para fazer o Download (Baixar), e depois, fazer a respetiva consulta no seu Computador ou Dispositivo!

 

Clique Aqui, para Fazer o Download do Arquivo ZIP, para Consulta!

 

Ficheiros Incluídos no Arquivo ZIP para Download e Consulta

 

Liberdade e Responsabilidade Pessoal - Paulo Silva.pdf

Reflexão da CP 1 - L. e R. D. - A.R.R. - Paulo Silva.docx

 


Notas de Rodapé:

 


Atenção

Se utilizar algum texto quer das minhas Reflexões, quer dos meus Documentos que disponho para consulta e/ou download, não se esqueça de que não deve fazer o chamado (Literalmente, Copy-Paste) nos seus próprios documentos para o seu próprio bem!

 

Como deve calcular nenhum Formador ou Professor apoia essa ideia, até porque cada arquivo da autoria de cada um, tem os respetivos Direitos de Autor, utilize nos seus documentos palavras e frases suas, mesmo que utilize a estrutura e as ideias que vos deixo nos meus Arquivos, Textos e Reflexões, Obrigado!

 

Logotipo do Portefólio Reflexivo de Aprendizagem de Paulo C. Silva

 

 

 

Linha Separadora